Melhores Cidadãos

 

Melhor Treino,

Historial

O ARRANQUE DA CONFEDERAÇÃO

Em 1992, teve lugar a 1ª Reunião Preparatória da futura constituição da Confederação. Nela participaram as três Associações na altura com funcionamento regular, estando presentes os treinadores indicados entre parêntesis: Basquetebol (José Curado e Mário Palma), Futebol (João Mota, Carlos Queirós e António Oliveira "Toni") e Natação (António Vasconcelos Raposo).

Posteriormente a esta reunião e na sequência de vários contactos entretanto estabelecidos, começaram a ressurgir algumas Associações que tinham a sua actividade suspensa e constituíram-se outras novas. Assim, o número de Associações subiu para oito, tendo-se juntado às já mencionadas as de Andebol, (na altura dirigida por António Cascais e posteriormente por Manuel Manita), Atletismo (Manuel Vieira), Hóquei em Patins (José Carlos Manaças e mais recentemente João Campelo), Judo (Luís Monteiro) e Râguebi (João Paulo Bessa).

Entretanto, deram-se também alterações nas presidências da Direcção das Associações de Futebol, com a eleição de Carlos Silva e de Natação com a eleição de Luís Baptista.

De 1993 a 1995, as oito Associações atrás identificadas realizam várias reuniões. A fim de permitir um melhor funcionamento do grupo, foi eleito um coordenador (José Curado) e um secretário (Luís Baptista) do mesmo. Em Outubro de 1995, a Associação Nacional de Treinadores de Futebol suspende a sua participação nos trabalhos preparatórios da constituição da Confederação.

As Associações envolvidas decidem, entretanto, escolher a Sociedade de Advogados Fernando Seara, J. L. Seixas, G. Ribeiro da Costa, Vieira Martins e Associados para proceder à elaboração do projecto de estatutos da Confederação, o qual veio a tomar a sua forma actual após várias reuniões de análise.

A COMISSÃO INSTALADORA

Em 6 de Outubro de 1997 é assinada a escritura de constituição da Confederação, no 4° Cartório Notarial de Lisboa. No acto participaram as Associações de Andebol (Manuel Manita), Atletismo (Manuel Vieira), Basquetebol (José Curado), Hóquei em Patins (João Campelo) e Natação (Luís Baptista). As Associações de Judo e Râguebi não puderam estar presentes pelo facto dos respectivos Presidentes de Direcção (únicos autorizados para este efeito) estarem ausentes. Após este acto, e de acordo com o estipulado nos Estatutos, foi constituída a Comissão Instaladora, que engloba: Manuel Manita (Andebol), Manuel Vieira (Atletismo), José Curado (Basquetebol), João Campelo (Hóquei em Patins), Luís Monteiro (Judo), António Vasconcelos Raposo (Natação), João Paulo Bessa (Râguebi).

Foram escolhidos José Curado e Manuel Vieira como os elementos responsáveis pela coordenação e execução das tarefas próprias da Comissão Instaladora, reunindo esta em plenário sempre que necessário.

Na sequência dos contactos e iniciativas da Comissão Instaladora já participaram em reuniões, como observadores, treinadores de Vela, Ginástica (já com associação constituída), Ténis, Trampolins e Desportos Acrobáticos, Karaté, Cultura Física (com Associação a constituir proximamente) e Remo (idem). Têm, do mesmo modo, tomado conhecimento do andamento das actividades da Confederação, treinadores de Voleibol, Halterofilismo e Esgrima.

AS RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

Para além do normal relacionamento que cada Associação de Treinadores mantém no interior da respectiva Federação Desportiva, a Confederação de Treinadores tem mantido contactos privilegiados com a Secretaria de Estado do Desporto, quer directamente, quer com serviços da mesma independentes - Centro de Estudos e Formação Desportiva, Instituto Nacional do Desporto e a sua Delegação Regional de Lisboa e Vale do Tejo.

Por outro lado e a par dos naturais contactos com a Fundação e Confederação do Desporto de Portugal, foi dado inicio a um diálogo com o Comité Olímpico de Portugal, no sentido de um estreitar de colaborações em áreas sensíveis a ambas as partes. A primeira reunião para este efeito teve lugar a 23 de Julho, na sede do COP. e nela participaram o Sr. Presidente do C.O.P., Comandante Vicente Moura, e José Curado (Basquetebol), Manuel Vieira (Atletismo) e António Vasconcelos Raposo (Natação) pela CPATreinadores

Por fim, destacar a presença da Confederação  de Treinadores no Conselho Superior de Desporto (CSD) desde Maio de 1997.

A ATUALIDADE

A Treinadores de Portugal é uma Confederação de Associações de Treinadores de 22 modalidades desportivas em Portugal. Tem acento no Conselho Nacional do Desporto e trabalha diretamente com a Secretaria de Estado da Juventude e Desporto e Instituto Português do Desporto e da Juventude em todos os assuntos relativos à carreira e formação do Treinador como profissão.

Foi parceira do Governo na criação da Lei nº 40/2012 de 28 de agosto - Acesso e exercício da actividade de Treinador de Desporto - (e revogado o Decreto-Lei n.º 248-A/2008). Em 2015 apresenta uma proposta de revisão elaborada em conjunto com as Associações de Treinadores ativas expressa no documento "Reflexão Confederação Treinadores sobre PNFT" sendo também parceira na revisão da Lei que o Governo iniciou em Janeiro de 2017.

É parceira das várias organizações desportivas nacionais tais como Comité Olimpico de Portugal, Comité Paralimpico de Portugal, Federações Desportivas, assim como, Plano Nacional de Ética no Desporto, Autoridade Antidopagem de Portugal e de outras organizações da sociedade civil que permitem reconhecer o papel do Treinador. Internacionalmente é membro e parceira ativa do ICCE - International Council for Coach Education - organismo que tutela os Treinadores a nível internacional.

Em 2010 a Treinadores de Portugal inicia um processo que culmina em 2015 na criação da CLT - Confederação Lusófona de Treinadores, organização que reune 6 países de lingua portuguesa em 3 continentes: Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe que visa trabalhar as questões da formação e carreira do Treinador. Em Junho de 2017 realizou-se a 1ª reunião da CLT durante o 6º Congresso de Treinadores em Portugal, com a presença de John Bales presidente do ICCE e Augusto Baganha, Presidente do IPDJ, onde foi assinado um Memorando de Entendimento para uma formação de treinadores no espaço lusófono.
 

Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto
Instituto do Desporto e Juventude
Writing & Design Creative